Free Porn





manotobet

takbet
betcart




betboro

megapari
mahbet
betforward


1xbet
teen sex
porn
djav
best porn 2025
porn 2026
brunette banged
Ankara Escort
HomePerguntas críticasVirgem Maria no Islam

Virgem Maria no Islam

Como é que o Alcorão menciona a Virgem Maria?

No Islam, a Virgem Maria é conhecida por sua castidade e piedade. Ela também é mencionada como uma das mulheres do paraíso em muitos ahadith. [ 1]. Maria, cuja 19ª surata do Alcorão é nomeada por seu nome, é o único nome feminino mencionado no Alcorão. Além disso, Maria e sua família são mencionadas na 3ª surata, a surata de AL-i-Imran.

Embora não seja conhecido quando a Virgem Maria nasceu, sua mãe lhe deu o nome de Maria, que significa “adoradora”[2]. Segundo o Alcorão, o nome de seu pai era Imran, e de acordo com fontes históricas o nome de sua mãe é Hannah. O Alcorão menciona que sua mãe suplicou a Allah para proteger Maria e seus descendentes contra o diabo, e ela dedicou sua filha a Allah antes mesmo do seu nascimento [3].

O marido da tia de Maria, Zakariyya, é um dos profetas que foi enviado aos israelitas. De acordo com o Alcorão, os israelitas foram escolhidos para ser o povo encarregado de protegê-la, e o profeta Zakariyya cumpriu esse papel cuidando e protegendo a Virgem Maria. [4]. De acordo com fontes islâmicas, foi interpretado que sua mãe lhe deu o nome de Maria, e muitos foram os motivos que levaram a protegê-la, como por exemplo, a morte de seu pai que ocorrera antes mesmo do seu nascimento [5].

A anunciação do Profeta Isa (Jesus) à Virgem Maria.

Sempre que o Profeta Zakariyya ia visitar a Virgem Maria, ele via comida fresca em sua casa e perguntava de onde ela vinha. A Virgem Maria respondeu que ela recebeu o sustento diretamente de Allah [6]. Mais uma vez, de acordo com os versículos do Alcorão, antes mesmo de ficar grávida foi anunciada a Maria que ela teria um filho, e que esse filho falaria ainda no berço, e que seria uma criança digna neste mundo e no Álem [7]. O anjo Gabriel apareceu para ela assumindo uma forma humana e anunciou que ela estaria grávida de um menino. Entretanto, como a Virgem Maria era uma mulher casta, ela se perguntou como isso seria possível, já que nenhum homem tivesse tocado nela anteriormente. Com isso, Allah declarou que não seria difícil para Ele [8].

A concepção da Virgem Maria aparece 12º versículo da surata At-Tahrim e foi descrita como um grande exemplo exemplo, pois, “Maria, a filha de Imran, guardava sua castidade, por isso sopramos nela (uma vida) através do Nosso Anjo Gabriel. E ela confirmou as palavras de seus Senhor e Seus Livros, era uma das devotas”. [9]

O que aconteceu antes do nascimento do Profeta Isa (Jesus)?

O Alcorão também menciona que a Virgem Maria antes do nascimento de seu filho se retirou para um lugar mais isolado, e quando entrou em trabalho de parto, encostou-se aos pés de uma tamareira e com muita tristeza disse: “Tomara que eu tivesse morrido antes disso”, com medo de que as pessoas a acusassem de não ser realmente pura. No entanto, logo em seguida Allah disse para ela: “Não te aflijas! Sem dúvida, teu Senhor fez correr abaixo de ti um riacho; e abana em tua direção o tronco desta tamareira; cairão sobre ti tâmaras frescas e maduras”. Allah então ordenou que ela comesse e que não relatasse esse ocorrido à ninguém durante um tempo [10].

Quando a Virgem Maria deu à luz , muitas pessoas começaram a condená-la. No entanto ela focou em sua maternidade e seguiu as ordens de Allah, sem responder a ninguém acerca de tais críticas.  Naquele momento, o Profeta Jesus ainda era um bebê em idade de ser enrolado em um pano de enxoval, mas de forma milagrosa ele falou dizendo ser um profeta [11].

Grande importância da Virgem Maria para os muçulmanos

A Virgem Maria é uma mulher que sempre foi valorizada nas fontes islâmicas. Ao mesmo tempo em que o Alcorão mostra Maria como um exemplo para os crentes [12], o Profeta Muhammad (que a Paz e Bênção de Deus estejam sobre ele) também ressaltou a sua importância ao dizer: “A melhor das mulheres de seu tempo foi Maria, a filha de Imran, e a melhor das mulheres desta ummah é Khadija (a primeira esposa do Profeta Muhammad”[13].

Segundo a crença islâmica, tanto a Virgem Maria quanto seu filho, o Profeta Jesus, são preciosos servos de Allah [14]. O nascimento do Profeta Jesus sem pai, através de uma mãe virgem e a sua fala milagrosa ainda no berço, são eventos que aconteceram somente pela vontade de Allah. Portanto, é incoerente atribuir significados diferentes a estes eventos extraordinários na tradição islâmica, tais como, deificar o profeta Jesus, ou atribuir a Virgem Maria como a mãe de Deus [15].

Resumo:

1. Nas fontes islâmicas, a Virgem Maria é amplamente considerada e utilizada como um exemplo para os muçulmanos, particularmente devido à sua castidade.

2. Maryam é o nome de uma surah no Alcorão, e Maryam é a única mulher mencionada no Alcorão. A família de Maryam é também especificamente mencionada no Alcorão.

3. A Anunciação do Profeta Isa (Jesus) à Virgem Maria e os acontecimentos que tiveram lugar antes e depois do nascimento do profeta Isa (Jesus) foram mencionados no Alcorão.


[1] Ahmed Ibn Hanbel, Musnad , III, 64, 80, 135
[2] Ali’Imran,36
[3] Ali’Imran,35-37
[4] Ali’Imran,44
[5] Bukhari, “Anbiya”, 44
[6] Ali’Imran ,37
[7] Ali’Imran ,45-46
[8] Maryam,16-21
[9] Al-Hijr, 29
[10] Maryam, 22-26
[11] Maryam, 27-33
[12] At-Tahrim/11-12
[13] Bukhari, “Anbiya”, 32, 45-46, “Manaqib al-Ansar”, 20
[14] Al-Ma’idah, 75
[15] An-Nisa, 171

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here