Free Porn
xbporn

buy twitter followers
uk escorts escort
liverpool escort
buy instagram followers
HomePerguntas críticasPor Que o Islam Proíbe o Sexo Antes Do Casamento?

Por Que o Islam Proíbe o Sexo Antes Do Casamento?

Na perspectiva islâmica, Allah colocou entre os homens e mulheres os sentimentos de afeto e encanto para que assim a união familiar pudesse ser estabelecida e continuada; se esses sentimentos ou condições não forem cumpridos, o conceito islâmico de família deixa de existir e as gerações se misturam e se perdem. No Islam, o relacionamento sem nikah (casamento religioso islâmico) é considerado adultério e é estritamente proibido. Essa proibição também consta nos versículos do Alcorão. [1]

Por outro lado, se não houver atração e amor entre um homem e uma mulher, não será possível estabelecer uma nova família e continuá-la. Desejos sexuais são desejos naturais estabelecidos na criação do ser humano. Entretanto, o sexo antes da vida matrimonial elimina o conceito de família. Portanto, nessas situações, as pessoas não podem estabelecer uma família e a ideia de ser pai ou mãe tornam-se inúteis.  E como consequência de situações como esta, a humanidade também corre o risco de enfrentar a sua extinção. A fim de proteger as pessoas deste problema, o Islam nos ordena manter o desejo sexual em equilíbrio na medida em que recorremos ao que é halal (lícito).

Embora seja possível atender às necessidades fisiológicas dos seres humanos através do que é halal, ou seja, lícito na religião, recorrer a um ato haram, proibido por Allah, é de inteira responsabilidade do homem. Como resultado desta escolha, o indivíduo encontrará as consequências de seus atos no futuro.  Em um hadith o profeta Muhammad (que a Paz e Bênção estejam sobre ele) disse: Allah dará Sua sombra no Dia em que não haverá outra sombra a não ser a sombra de Seu Trono (isto é, no Dia da Ressurreição); quando um homem que seduzido é por uma mulher(para uma relação ilícita) diz a fim de rejeitá-la: Eu temo a Deus”. [2]

Em outro hadith, o Profeta Muhammad (que a Paz e Bênção estejam sobre ele) explicou os tipos de adultério existentes e os enfatizou de acordo com as inclinações de cada pessoa: “Allah fixou a própria porção de adultério que um homem se entregará. Não há como fugir disso.

O adultério dos olhos é o olhar lascivo, o adultério dos ouvidos é a escuta (fala ou canto hedonista), o adultério da língua é o discurso promíscuo, o adultério da mão é o toque lascivo e o adultério dos pés é a caminhada para o lugar onde se pretende cometer o próprio adultério; o coração deseja e anseia, que as partes podem ou não pôr em prática”. [3] Ele também alertou que as pessoas estariam expostas a problemas em sociedades onde o adultério é praticado [4] e disse que a prevalência do adultério é um dos sinais de que o dia do julgamento está se aproximando [5].

De acordo com outra narração do Profeta Muhammad (que a Paz e Bênção estejam sobre ele) vemos que quando o Profeta estava com seus companheiros, um jovem veio até ele e disse: “Ó Mensageiro de Allah! Eu quero ser próximo de tal mulher, quero cometer adultério com ela”.

Os Companheiros ficaram muito perturbados com esta pergunta e houve quem quisesse bater no jovem e tirá-lo de lá, justamente porque aquele jovem havia dito coisas muito inapropriadas. Por sua vez, o Profeta Muhammad (que a Paz e Bênção estejam sobre ele) solicitou a seus companheiros que soltassem aquele rapaz para que ele pudesse sentar diante do Profeta. Com isso, o Profeta Muhammad (que a Paz e Bênção estejam sobre ele) perguntou ao garoto: “Ó jovem, você quer que alguém faça essa coisa ruim com sua mãe? Você gosta desta ação feia?” O jovem respondeu: não, Mensageiro de Allah”. Em seguida o Profeta disse: “Então, os filhos da pessoa que você vai fazer esse ato feio também não vão gostar. Se eles quisessem fazer este trabalho feio com sua irmã, você gostaria?” Com muita raiva o jovem respondeu: “Não, jamais”. Então o Profeta disse: “ Ninguém entre o nosso povo gosta disso”.

Em seguida, o Profeta Muhammad (que a Paz e Bênção estejam sobre ele) colocou sua mão no peito e no ombro do jovem e rezou: “Ó Allah! Purifica o coração deste jovem. Preserve sua honra e castidade e perdoe os pecados dele”. Depois disso o jovem partiu e surgiram rumores de que ele nunca mais houvesse tido pensamento tão ruins [6].

No Islam, a maneira de satisfazer este desejo sem cometer pecado é através do casamento. O Profeta Muhammad (que a Paz e Bênção estejam sobre ele) aconselhou aos jovens que controlassem seus desejos sexuais e se casassem o mais rápido possível, caso tenham condições para isso; e  aconselhou também, manter o desejo sexual sob controle através do jejum. Desta forma, ele deu a feliz notícia do Paraíso para aqueles  que protegem sua castidade e honra[7].


[1] An-Nisa,31; Al-Furqan,68
[2] Al-Bukhari, Call to prayer,36
[3] Al-Bukhari, The Book of Destiny,9; Muslim, The Book of Destiny,20-21; Abu Dawud, Nikah,43
[4] Ibn Majah, Tribulations,22
[5] Al-Bukhari, Science,21
[6] Musned, Volume V,256-257
[7] Al-Bukhari, Nikah,3; Tirmidhi, Nikah,1

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here