Free Porn
xbporn

buy twitter followers
uk escorts escort
liverpool escort
buy instagram followers
HomePerguntas críticasA Abordagem Do Islam Com Relação Aos Desastres

A Abordagem Do Islam Com Relação Aos Desastres

As palavras desastre e calamidade são usadas principalmente para expressar eventos que afetam negativamente toda ou a maioria da sociedade, tais como epidemias, fome e guerra.

Os desastres podem resultar tanto em destruição material quanto em perda de vidas. Desastres naturais perturbam a ordem da vida a que o indivíduo está acostumado, limitam ou até mesmo eliminam a capacidade das pessoas de controlar, regular e dirigir esta ordem. Os desastres naturais também mostram as limitações do poder humano.

Allah criou a vida e a morte para evidenciar quem acreditará e quem não acreditará, e a partir disso, quem escolherá fazer boas e valiosas ações. [1] De acordo com as escolhas que são feitas neste mundo, uma pessoa determinará sua situação no futuro[2]. O mundo está em constante estado de mudança, ou seja, desenvolvendo-se e deteriorando-se, desde o momento da criação. Portanto, os desastres, especialmente a morte, estão entre as realidades deste mundo.

Como foi dito no Alcorão, as pessoas são advertidas de tempos em tempos através das punições que enfrentam como indivíduos e pelos desastres pelos quais serão afetadas enquanto sociedade. [3] Por exemplo, comunidades que rejeitaram a mensagem de muitos profetas como Lut, Hud, Salih, Shuayb, Musa e Noé (que Allah esteja satisfeito com eles) violaram as regras estabelecidas por Allah para aquelas sociedades, e como consequência foram destruídas por desastres como terremotos, furacões [4], e afogamentos no mar [5]. [6] Também deve ser acrescentado que no Alcorão se afirma que as comunidades não são destruídas sem cometer nenhum crime: “Allah não mudará o que está em uma comunidade até que ela mude o que está nela”. [7] Portanto, Allah os faz vivenciar um pouco do que eles fizeram para que assim possam retornar a um bom estado. Diga: “Viaje na terra e veja qual foi o fim dos primeiros. A maioria deles eram politeístas”. [8] “Todo infortúnio que se abate sobre vocês é por causa do que fizeram; afinal de contas, Allah é Misericordioso”. [9]

Está determinado que cada comunidade será responsável por cada erro que cometer depois de terem violado as leis relacionadas à natureza e à vida social. Allah quer que as pessoas façam a coisa certa, testando-as de várias maneiras, e quando elas  persistem conscientemente em seus erros, Ele as pune para encorajá-las a abandonar seus erros. O Alcorão expressa esta situação: “Certamente enviamos mensageiros e profetas às nações antes de vocês. Então, afligimos-lhes com e doenças e aflições para que suplicassem e invocassem”. [10]

 Também é dito que as pessoas não são punidas imediatamente pelo que fazem: “Se Allah punisse as pessoas pelo que fizeram, Ele não teria deixado um único ser vivo no chão; mas Ele lhes dá um descanso até um mandato designado. Quando seu mandato termina (todos entenderão), Allah vê e conhece Seus servos adequadamente”. [11]

Não é correto interpretar cada desastre natural como uma punição apenas. Alguns desastres naturais ocorrem dentro da estrutura das regras estabelecidas por Allah na natureza. É possível prevenir ou mitigar estes desastres. O ecossistema possui naturalmente o seu próprio equilíbrio. A perturbação deste equilíbrio afetará todas as pessoas. Além disso, a natureza tem seus limites, e se a natureza não for usada com parcimônia, um dia, ela se tornará incapaz de atender às necessidades dos seres vivos.

De acordo com a religião do Islam, há bondade em tudo que Allah criou. No entanto, as pessoas interpretam certos eventos como maus porque não conseguem perceber o todo. Por exemplo, a ativação de vulcões e a existência de furacões e tornados têm muitos benefícios para a ordem e o funcionamento do planeta. Entretanto, se as pessoas não construírem casas resistentes a estes eventos naturais e fizerem seus planos de casa nas margens do oceano e dos vulcões sem considerar a possibilidade destes eventos naturais, estes eventos certamente podem se transformar em desastres naturais para as pessoas.

Como resultado, uma consequência inevitável da própria existência será o fato de que as sociedades encontrarão alguns problemas na vida mundana. Allah expressou esta situação: “De fato, com um pouco de medo e fome; vamos testá-la com uma diminuição da riqueza, das vidas e dos frutos”. Dê boas notícias aos que são pacientes! Quando lhes sucede uma calamidade, eles dizem: “Em verdade, nós pertencemos a Allah e a Ele, nós voltaremos”. Pois estas são as dádivas e a misericórdia de seu Senhor, e estes são os que alcançaram o caminho certo”. [12]


[1] Mulk, 2.

[2] Yunus, 108.

[3] Anfal, 25.

[4] Ankabut, 40.

[5] Anfal, 54.

[6] Hajj, 42-44.

[7] Ra’d, 11.

[8] Room, 41-42.

[9] Shuraa, 30.

[10] An’am, 42.

[11] Fatir, 45.

[12] Baqarah, 155-157